Jornal Ingrediente

Lançámos o Jornal Ingrediente

Faltava um Ingrediente à vida dos portugueses… E a Adagietto tratou de o produzir. Com uma pitada de imaginação, juntámos um pouco de know-how e acrescentámos ideias fervilhantes de vários campos e áreas. Mexemos tudo com saúde, nutrição, fitness, lazer e beleza e polvilhámos com algumas dicas práticas. No final servimos num apetitoso e inovador jornal. E como os olhos também comem: criámos o primeiro projecto editorial da Angelini, com um forte componente visual.

A primeira edição do Jornal Ingrediente, dedicada ao tema da hipertensão, deu um sabor especial à época estival. Com um formato feito para o verão e para ser lido à beira mar, ou numa esplanada soalheira, esta edição invadiu não só as praias algarvias, mas também marcou presença de pontão a pontão na Costa da Caparica, em Lisboa, e nas Praias da Linha de Cascais. No lançamento, distribuímos o jornal de mão em mão e foram muitos os que voltaram para trás para pedir mais um, ou dois… ou três. Mesmo os que hesitavam, estendiam o braço segundos mais tarde, atraídos pelo design e curiosidade de um jornal que remetia para os tempos dos nossos avós aliado a um forte grafismo de inspiração nova-iorquina.

A última página fez as delícias das crianças com a sua sopa de letras saudáveis, e se todos os dias louvamos (e por vezes fazemos um vénia) ao nosso trabalho… nesse dia quase fizemos piruetas, ao ver do passadiço de madeira, a praia repleta do Ingrediente, que faltava à vida dos portugueses.

Quitoso - Website

A magia por trás dos piolhos

O Website Quitoso foi desenvolvido para a Angelini com uma premissa principal muito atrevida: tornar os piolhos apelativos.

Toda a gente, em alguma altura da sua vida, terá eventualmente tido o desprazer de saber o que significa precisar de algum dos produtos da marca Quitoso.

Tal facto não nos foi alheio na altura de enfrentar este desafio e, como tal, decidimos definir esta premissa: queríamos tornar os piolhos apelativos e divertidos. Mas não no sentido infantil do termo. O nosso objectivo foi, desde o início, criar um site transversalmente apelativo, tanto para pais, como para filhos.

Assim, pusemos mãos à obra para criar um site que cumprisse esse requisito principal, tanto em termos de design, como em termos de conteúdos.

No que diz respeito ao design, optámos pelo uso das cores da marca, de uma forma plana, utilizámos contrastes cromáticos , ícones associados e notas e curiosidades e tentámos tirar partido das imagens dos produtos de forma a torná-los quase apetecíveis. Para além de tudo isto, decidimos que o site teria uma só página, facilitando a navegação e realçando a percepção das cores e imagens, com o objectivo final de dar ao utilizador uma experiência original, única.

Quanto aos conteúdos, trabalhámos no sentido de os desdramatizar: queríamos fazer conteúdos úteis, sem serem entediantes. Dessa forma, procuramos, por um lado, criar conteúdos diferentes daqueles que é comum encontrar em sites institucionais de marcas; por outro lado, procurámos transformar os conteúdos mais utilitários em textos que apetecesse ler, adoptando um tom descontraído e alegre.

Como é natural, o processo não foi linear. A versão inicial teve bastantes melhorias e ajustes, o design sofreu uma grande evolução, os conteúdos foram sendo melhorados, mas, no fim de contas, este é um trabalho de que todos nos orgulhamos, tanto pelo processo trabalhoso e desafiante, como pelo resultado final, que concordamos reflectir aquilo que desde o início imaginamos.